Atenciosamente

Lopes Mahumane

Conheça-nos melhor e apaixone-se com o imenso talento desses jovens.

                       GRUPO TEATRAL DZARASCA

 

                               

                                 Breve historial…

 

 

 

Talvez nao sejamos os melhores, mas tentamos fazer com que o mundo ouça o que temos a dizer, talvez não sejamos perfeitos, mas tentamos aprender com os nossos erros e tentamos mostrar que não é preciso ser rico para ser feliz e não importa o que os outros podem dizer mas se algo te faz feliz e, você sente-se bem fazendo tal coisa entao faça, pois o importante é sentir-se bem consigo mesmo.

 

 

Somente quem nos conhece é que sabe o que temos enfrentado todos dias para manter o nosso grupo unido e para que possamos fazer teatro, mesmo sem recursos suficientes para tal, com a ajuda de Deus nada é impossivel…

 

 

 

O grupo teatral Dzarasca nem sempre chamou-se assim e para melhor conhecer o grupo vou começar do inicio.

 

 

Tudo começou em 2008 quando uma organização chamada Meninos de Moçambique implementou um projecto de ajuda a crianças em situação difícil no bairro Luís Cabral.

 

Fez-se um levantamento de crianças órfãs e que vivem com os avôs. 3 De nós fomos uns dos beneficiários do projecto, a ONG nos ajudava em quase tudo desde as despesas escolares ate financeiramente.

 

 

Como forma de nos ocupar para que fizéssemos algo útil decidiram criar um grupo de teatro, no inicio o grupo era composto por muitos membros e actuávamos nas escolas, mercados entre outros lugares cujo principal tema era HIV/SIDA, fazíamos também palestras acerca dos direitos da criança e saneamento do meio.

 

 

Na época o grupo tinha tudo que precisava para o exercício das suas actividades e também ganhávamos um subsídio semanalmente e, mesmo assim, muitos desistiram por motivos diversos. O grupo existiu de 2008 até 2012.

 

Em 2013 a FHI 360 no seu projecto Estradas, queria um grupo de teatro e fomos chamados a fazer parte, na FHI as formas de actuação e sensibilização em massa não eram muito diferentes que da Meninos de Moçambique, e ganhávamos um subsidio dependendo do numero de actuações feitas por semana. Posso dizer que ganhávamos bem, mas infelizmente o projecto terminou em Fevereiro de 2015.

 

 

Mais uma vez ficamos um tempo sem fazer teatro, então decidimos parar de depender de projectos e ONG´s foi quando decidimos criar um grupo independente, foi aí que nasceu o Grupo Teatral Dzarasca. Quanto ao nome não foi fácil escolher pois precisávamos de um nome que nos identificasse, depois de dias e dias pensando chegamos a conclusão de que Dzarasca, era o nome apropriado porque em toda a nossa infância e adolescência tivemos que batalhar muito para poder estudar e também para nos tornarmos aquilo que somos agora.

 

 

Inicialmente o grupo era composto por 4 homens e duas mulheres, umas das nossas melhores aparições como Dzarasca foi na Matola no Festival Literatas 2015 (FESTIVAL DE LITERATURA). Na Lareira de Poesia e Música Acústica no bar Bolso Roto, no Cine Teatro África no evento miss e mister entre escolas. Tivemos outras aparições mas essas que acabo de citar são as mais memoráveis.

 

Em 2016 vimos a necessidade de procurarmos novos membros pois éramos apenas 5 integrantes, então tivemos novos membros mas não duraram tanto. Actualmente somos um grupo composto por 7 membros dos quais 6 homens e 1 mulher.

 

Nós é que fazemos as nossas peças sem ajuda de ninguém, mas ouvimos e damos muito valor as críticas construtivas pois é errando que a gente aprende e através do diálogo pode-se resolver tudo.

 

 

Os objectivos são vários mas o mais pertinente de todos é fazer-se ouvir a nossa voz, sermos conhecidos por aquilo que fazemos. Actuamos no nosso bairro, em festas de casamento,seminários e em diferentes tipos de eventos, almejamos crescer e nos tornarmos melhores naquilo que fazemos, sabemos que não será tarefa fácil pois não contamos com muito apoio financeiro e a vida não é, e nunca foi fácil para nós, mas como eu disse antes, com ajuda de Deus tudo é possível.

 

 

Começamos a actuar sem fins lucrativos mas ganhar um rendimento para poder sustentar o nosso grupo é uma das metas a alcançar.

 

 

Agora temos 7 peças criadas por nós que são: violência baseada no género, direitos da criança, HIV/SIDA, álcool, consumo de álcool nas escolas, o lobolo e gravidez na adolescência.

 

 

 

 

 

 

 

 

Integrantes do grupo:

Amilton Mabjaia………………………………………………………………………… 20 Anos

 

Domingos Alberto Macombo…………………………………………………………. 21 Anos

 

Valter Deolindo hele …………………………………………………………………... 20 Anos

 

Arsénio Zandamela………………………………………………………………………. 20 Anos

 

Dércia…………………………………………………………………………………………. 17 Anos

 

Marcos Cuamba……………………………………………………………………………. 21 Anos

 

Lopes Mahumane…………………………………………………………………………. 20 Anos

 

Grupo teatral Dzarasca

A união faz a forca... juntos levamos esse grupo avante almejando concretizar aquele sonho que parece ser impossivel mas pouco a pouco temos a certeza de que nao estamos sozinho pois #Deus eh o nosso ajudador e tarde ou cedo chegaremos la no topo...#Grupo_Teatral_Dzarasca